Como abrir uma empresa em 7 passos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

A abertura de uma empresa pode ser, muitas vezes, um processo demorado e muito burocrático, que envolve diversas documentações e alguns órgãos do Governo. Isso faz com que o empreendedor precise ter paciência do momento em que o nome é escolhido até a hora em que a empresa pode, de fato, começar a funcionar dentro da legalidade.

A seguir, falaremos sobre como funciona o processo para abrir uma empresa e quais são os principais passos para isso. Confira:

Pesquisa de viabilidade de nome

Não adianta apenas escolher um nome interessante para a empresa. Um dos primeiros passos é realizar uma pesquisa para saber se esse nome está disponível para registro na Junta Comercial. Se já houver alguma empresa registrada com o nome, é preciso fazer outra escolha.

Escolha de uma contabilidade

Um contador auxilia na elaboração e na preparação das documentações necessárias para o registro da empresa, conferindo se tudo está correto. Além disso, ele avalia e indica qual é o melhor regime tributário para o negócio.

Outra vantagem de procurar um contador é que ele pode ajudar a elaborar uma agenda com as datas mais adequadas para o pagamento de impostos e para a realização do balanço.

Elaboração e registro da documentação

Esse é o momento em que o Contrato Social (ou Requerimento de Empresário Individual) é elaborado — se for o caso, conte com a ajuda de um advogado para realizar essa tarefa. É nesse documento que constam as informações principais sobre a empresa, tais como: ramo de atividade, quadro societário, formação do capital social e objetivo.

Assim que o documento estiver pronto, ele deverá ser registrado na Junta Comercial, e deve-se realizar o pagamento das devidas taxas (DARF).

Registro do CNPJ

Assim que os documentos são entregues e o registro é realizado, o empreendedor recebe o NIRE — Número de Identificação do Registro de Empresa. Com esse número é possível fazer o registro do CNPJ na Receita Federal. Esse registro pode ser feito no próprio site da Receita.

Solicitação de alvará

Após adquirir o CNPJ, com o documento em mãos, é necessário ir até a prefeitura para solicitar o Alvará de Funcionamento. Para que esse alvará seja obtido, é necessário entregar uma lista de documentos que pode variar de um órgão para outro. Normalmente esses documentos solicitados são: o formulário da prefeitura preenchido, a aprovação da consulta prévia de endereço, a cópia do CNPJ, uma cópia do Contrato Social, e um laudo dos órgãos de vistoria — como Vigilância Sanitária e Corpo de Bombeiros, por exemplo.

Registro de Inscrição Estadual

Esse registro é necessário para empresas que atuam como indústria ou comércio, para fins de recolhimento de ICMS. Os documentos solicitados também variam de um órgão para outro – o contador também pode auxiliar com essa informação.

Para obter esse registro, é necessário se cadastrar na Secretaria da Fazenda e obter a inscrição do ICMS. Em alguns casos essa etapa pode ser realizada pela internet, em outros é necessário se dirigir pessoalmente ao órgão.

Autorização para a emissão de Notas Fiscais

Caso a empresa seja comércio ou indústria, a solicitação deve ser feita na Secretaria Estadual da Fazenda. Se for do ramo de prestação de serviços, a solicitação pode ser feita na Prefeitura da cidade onde a empresa está situada.

Como você pode ver, o processo para abrir uma empresa e registrá-la é longo, e envolve muitos documentos e órgãos municipais, estaduais e federais, além de requerer pesquisas e pagamento de várias taxas.

E então, ficou claro como é o passo a passo para abrir uma empresa? Compartilhe suas opiniões conosco nos dos comentários!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Newsletter

Cadastre-se e receba

A DECISIVA ASSESSORIA E CONSULTORIA CONTÁBIL
ajuda a subir os outros degraus da escada para o sucesso! Inscreva-se na nossa newsletter e receba o conteúdo exclusivo que separamos para você!
Recomendado só para você!
O ano de 2015 foi difícil para muitos negócios. Em…